mulheres que moram sozinhas

Dez dicas de segurança para mulheres que moram sozinhas

Share:

Compartilhe

O número de pessoas morando sozinhas no Brasil quase dobrou nos últimos dez anos, passando de 5,5 milhões para 9,9 milhões. Durante esse período, a quantidade de residências com apenas um morador saltou de 10,4% para 14,6%. 50,3% desses imóveis são ocupados por mulheres. Os dados são do IBGE. 

Segundo a ADT, empresa de monitoramento de alarme, mulheres que moram sozinhas podem estar mais vulneráveis e se tornar alvos de ações de criminosos. De acordo com a empresa, os períodos de maior risco de invasão a residências e assaltos são entre 7h e 9h e 18h e 20h, horários em que os moradores estão saindo ou chegando em casa. 

“Para quem mora sozinha, é preciso ter cuidado redobrado no dia a dia. É fundamental saber o que e quem está por perto”, destaca Robert Wagner dos Santos, especialista em segurança da ADT. “Investir em métodos de segurança e procurar conhecer os vizinhos são algumas das recomendações”, alerta. 

Pensando nisso, a ADT listou algumas dicas que podem ajudar mulheres a evitar situações de risco em casa – e também nas redondezas.   

  1. Localização: a localização é de extrema importância, especialmente devido a trabalho e/ou estudo. Lugares movimentados e iluminados tendem a apresentar menos riscos;
  2. Ter onde deixar carro, moto ou bicicleta: dependendo da localização, nem sempre há estacionamentos por perto. Para não ter de andar a pé e sozinha na rua, é recomendável optar por um imóvel que ofereça vaga na garagem;
  3. Conhecer os vizinhos: ter contato com vizinhos permite que a moradora adquira confiança e receba ajuda caso note algo de estranho por perto. Mais informações sobre Vizinhança Solidária podem ser encontradas aqui;
  4. Discagem rápida: deixar o número de vizinhos de confiança, amigos, portaria e polícia na lista de discagem rápida do celular ou telefone pode ajudar com as providências;
  5. Rotina: evitar comentar com estranhos as horas em que está fora, alterar trajetos e horários e passar por lugares mais movimentados são algumas das recomendações;
  6. Informações pessoais: é aconselhável não comentar assuntos pessoais ou da casa, como mencionar que um alarme quebrou ou que vai passar um tempo fora;
  7. Travas: janelas e portas devem estar devidamente trancadas. Recomenda-se checar se tudo está bem fechado antes de sair ou dormir, por exemplo;
  8. Pessoas desconhecidas: ao contratar o serviço de alguma pessoa, é aconselhável escolher alguém de confiança, de preferência com a indicação de um amigo ou vizinho;
  9. Chave-extra: é importante nunca deixar a chave debaixo do tapete ou em vaso de planta. Recomenda-se deixá-la com um amigo, familiares ou um vizinho de confiança;
  10. Alarmes: soluções que avisam se houver invasão quando a casa estiver sozinha e que permitem pedir ajuda em situações de emergências garantem ainda mais segurança. O alarme monitorado tem essas funções e reduz em até 94% a possibilidade de roubos.

Além disso, a ADT possui um sistema que permite ver o que está acontecendo no local e, em caso de suspeitas, toma providências. A solução conta com recurso de botão de pânico que a usuária pode usar para pedir ajuda. “Se a moradora identificar uma atitude suspeita, ela pode acionar o botão do controle remoto do sistema e a central de monitoramento irá auxiliá-la”, finaliza Santos.  

Sobre a ADT

A empresa ADT pertence à Johnson Controls, líder global em múltiplas indústrias e diversificadas tecnologias que serve a uma vasta gama de clientes em mais de 150 países. Nossos 117 mil colaboradores criam edifícios inteligentes, soluções eficientes de energia, infraestrutura integrada e sistemas de transportes de última geração que trabalham perfeitamente ajustados para viabilizar a proposta de comunidades e cidades inteligentes. Nosso compromisso com a sustentabilidade remonta às nossas origens, em 1885, com a invenção do primeiro termostato elétrico para ambientes. Estamos comprometidos com os bons resultados dos nossos clientes e criando valor para todos os nossos stakeholders, por meio do nosso foco estratégico em edifícios e plataformas de otimização de energia. Para informações adicionais, por favor, visite http://www.adt.com.br

VEJA TAMBÉM:  AgroVen e CPQD anunciam parceria no desenvolvimento das agtechs

Relacionados

Kryptus, LGPD
ANBC – A LGPD no contexto do mercado de crédito

ANBC – A Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais no contexto do...

Kryptus
kNET da Kryptus é o único HSM nacional apto para pagamentos instantâneas

Compartilhe kNET da Kryptus se torna único HSM nacional apto para pagamentos e...