GSMA

GSMA LISTA DESAFIOS PARA O PRÓXIMO GOVERNO CONSTRUIR UM BRASIL 4.0

Share:

Compartilhe

GSMA LISTA DESAFIOS E OPORTUNIDADES PARA O PRÓXIMO GOVERNO CONSTRUIR UM BRASIL 4.0

Propostas apresentadas pela entidade visam aproveitar o impulso do leilão 5G e desbloquear o próximo nível de transformação digital.

 

Brasilia, 14 de setembro de 2022: A GSMA lançou hoje o documento “O Caminho para um Brasil Digital. Agenda para 2023-2026“, que consiste em uma série de recomendações de políticas públicas TIC dirigidas aos candidatos que concorrem à Presidência no próximo dia 2 de outubro. A associação reitera a importância da continuidade e capitalização dos sucessos da política setorial dos últimos anos: das 14 propostas apresentadas na edição de 2018 do documento, 10 foram parcial ou totalmente atendidas.

A realização de um leilão 5G em formato não arrecadatório, aprovação do silêncio positivo para a instalação de infraestrutura e a recente redução do ICMS para telecom são alguns dos êxitos mais notáveis. Mirando os próximos quatro anos, o documento se concentra em acelerar a transformação digital para consolidar o papel da Indústria 4.0 na economia brasileira. O 5G poderá proporcionar um benefício anual de R$ 590 bilhões, de acordo com um estudo do Ministério da Economia.

As propostas da GSMA para o próximo governo brasileiro compreendem quatro áreas de atuação:

  1. Regulação à prova de futuro. Uma regulação moderna precisa levar em consideração o desafiador dinamismo do ecossistema digital, assegurar uma simetria de normas para todo o segmento da cadeia de valor da internet e ser proporcional em sua relação custo-benefício.
  2. Racionalização tributária. O custo total de aquisição móvel (TCMO, por seu acrônimo em inglês) como proporção da renda mensal para os dois quintis de renda mais baixos do Brasil é de 10%, bem acima da meta de referência da Organização das Nações Unidas (ONU) de 2%. Uma reforma tributária deve diminuir a barreira da acessibilidade econômica para novos usuários, e também reduzir os encargos setoriais, a fim de incentivar o investimento das operadoras.
  3. Desenvolvimento das redes. Reduzir as barreiras burocráticas para a implantação da infraestrutura de acordo com a lei de antenas é essencial para preparar o caminho para o 5G, além de garantir a segurança dos aportes realizados no último leilão. Mais que isso, recomenda-se estruturar uma política pública de segurança para mitigar os roubos e furtos de equipamentos de telecomunicações e planejar ações de redução do gap digital usando os recursos do Fundo de Universalização de Serviços de Telecomunicações (FUST)
  4. 5G: capacitação e expansão da produtividade. Com uma adoção projetada de 26% até 2026, espera-se que o Brasil seja o líder em 5G da região. Para explorar a contribuição de produtividade da tecnologia no segmento empresarial, torna-se imprescindível trabalhar na capacitação de profissionais para operar nas diversas verticais da indústria, como mineração e automotiva, por exemplo, e nos demais setores, incluindo agronegócio, medicina e educação, entre outros. O desenvolvimento de talentos para corresponder às novas possibilidades tecnológicas aumentará a competitividade das indústrias nacionais.
VEJA TAMBÉM:  GSMA ANUNCIA OS PRIMEIROS PALESTRANTES PARA O MWC LOS ANGELES 2019

O documento “O Caminho para um Brasil Digital. Agenda para 2023-2026” está disponível para download aqui.

 

Sobre a GSMA

A GSMA é uma organização global que unifica o ecossistema móvel para descobrir, desenvolver e proporcionar inovação essencial a ambientes comerciais positivos e mudanças sociais. Nossa visão é destravar todo o potencial da conectividade para que as pessoas, a indústria e a sociedade prosperem. Ao representar as operadoras e organizações de todo o ecossistema móvel e indústrias correlatas, três grandes pilares norteiam o que a GSMA proporciona aos seus membros: Conectividade para o Bem, Serviços & Soluções Industriais, e Alcance & Divulgação. Esta atividade inclui a evolução de políticas públicas, abordando os maiores desafios sociais atuais, sustentando a tecnologia e a interoperabilidade que fazem o setor móvel funcionar, além de fornecer a maior plataforma do mundo para reunir o ecossistema móvel nas séries de eventos MWC e M360.

Saiba mais em: gsma.com.

A GSMA Latin America é o braço da GSMA na região. Para mais informações em inglês, espanhol e português, por favor visite gsma.com/latinamerica. Acompanhe a GSMA Latin America no Twitter @GSMALatam e no LinkedIn GSMA Latin America.

Relacionados

Padtec
Wirelink amplia malha óptica com nova geração de transponders da Padtec

 Wirelink amplia malha óptica no Brasil com nova geração de transponders de 800...

smarter e, aranda, itaiupu
Brasil possui 3/4 da capacidade da Usina Hidrelétrica de Itaipu em energia solar

Brasil possui 3/4 da capacidade da Usina Hidrelétrica de Itaipu em energia solar...