IA e machine learning podem identificar fraudes com mais de 98% de precisão

Share:

 

Cyxtera

Inteligência Artificial e machine learning são capazes de identificar fraudes com mais de 98% de precisão; recursos diminuem ocorrência de falso-positivo

As conclusões são dos especialistas antifraude da Cyxtera

São Paulo, 25 de julho de 2019: Não é de hoje que a Inteligência Artificial e o machine learning tornaram-se termos importantes no universo do combate a fraudes. De acordo com os pesquisadores da Cyxtera, provedora de segurança digital focada na detecção e prevenção total de fraudes eletrônicas, sistemas inteligentes são capazes de identificar comportamentos criminosos com eficiência, alcançando taxas de precisão de mais de 98%. Segundo levantamento da empresa, os recursos também diminuem a ocorrência de falso-positivo, o que pode impactar diretamente o relacionamento das companhias com os clientes.

Para os bancos, por exemplo, as consequências de usar soluções antiquadas de proteção antifraude são concretas: não acompanhar as necessidades dos usuários ou ser vítima de fraudes. Em ambos os casos, há o risco de perder clientes e oportunidades de negócios.

“Em um mundo digital, os usuários esperam poder realizar quase todas as transações de maneira fácil, rápida e com o mínimo de fricção possível por meio do monitoramento de transações com Inteligência Artificial (IA). Equilibrar experiência de usuário e proteção forte de transações e logins é uma batalha constante para as instituições financeiras: um esforço que pode ter consequências importantes tanto para o banco como para os clientes”, analisa Michael Lopez, VP e gerente-geral de Total Fraud Protection da empresa.

“Veja, por exemplo, o caso do usuário X. É Black Friday, e ele deseja comprar o último lançamento de um smartphone no site de sua loja favorita. O estoque é limitado, por isso, ele acessa às 4 da manhã para garantir o produto. Ele seleciona o item e segue para finalizar a compra. Na página de pagamento, ele clica em ‘pagar’, mas recebe uma mensagem de que a compra foi identificada como suspeita e, por isso, será bloqueada”, exemplifica Lopez.

“Após perder algum tempo com ligações para o banco para resolver o problema, volta para a página da loja e tenta comprar o telefone dos sonhos, mas, infelizmente, o estoque acabou. Furioso porque o falso-positivo acabou com seus planos de Black Friday, o usuário considera mudar de banco para uma instituição que se adapte melhor ao seu estilo de vida digital.”

A DetectTA, solução de monitoramento de logins e transações da Cyxtera, por exemplo, combina regras fortes com algoritmos dinâmicos de machine learning para oferecer cobertura de todas as transações digitais. O motor de análise avançada usa informações sobre o contexto, como horário e local, e compara esses dados com o comportamento individual típico do usuário, bem como com tendências da população de usuários da organização.

“Os clientes novos são protegidos já a partir da primeira transação, e os clientes antigos se beneficiam de maior proteção e menos falso-positivos. As instituições financeiras se beneficiam de maior segurança e menores custos operacionais, mantendo-se relevantes em um ambiente de banco digital em constante mudança”, finaliza Michael Lopez.

Cyxtera

Sobre a Cyxtera Technologies

A Cyxtera Technologies é uma provedora líder de segurança digital focada na detecção e prevenção total de fraudes eletrônicas por meio de todos os dispositivos, canais e serviços na nuvem. Nossa linha de produtos abrange desde proteção contra ameaças digitais e navegação segura até autenticação multifatorial e detecção de transações anômalas, oferecendo um único destino para múltiplos serviços de prevenção contra fraudes. As atividades online de mais de 125 milhões de usuários em 460 empresas de serviços financeiros, empresas de segurança, cadeias de varejo, companhias aéreas e outras entidades em todo o mundo estão protegidas pela plataforma Proteção Total contra Fraude® da Cyxtera.

Relacionados

Furukawa apresenta solução inovadora em grande evento do setor de fibra óptica

São Paulo, 19 de março de 2019 – As principais tendências e avanços...

Novo projeto do CPqD utiliza blockchain para identidade digital de pessoas e coisas

Campinas, 01 de abril de 2019 – Desenvolver soluções de identidade digital de...