sociedade civil

Isabel Clavelin comandará fundo de empreendedorismo negro da BrazilFoundation

Share:

Isabel Clavelin comandará fundo de empreendedorismo negro da BrazilFoundation

Com 18 anos de experiência, a jornalista, Mestra e Doutora em Comunicação conta com passagens em órgãos da ONU e do governo federal

 

São Paulo, 19 de setembro de 2022 – Apoiar movimentos socioeconômicos e de direitos da população negra no Brasil, contribuindo efetivamente para o desenvolvimento do empreendedorismo negro no País e colaborando para o enfrentamento do racismo institucional e sistêmico. Esse é o objetivo do Fundo de Empreendedorismo Negro da BrazilFoundation, que acaba de anunciar Isabel Clavelin como sua gerente.

Em 2021, a BrazilFoundation investiu um total de R$ 22,2 milhões em 164 organizações da sociedade civil em todas as regiões do país. Com ampla expertise em filantropia estratégica, que consiste no investimento social sistemático e monitoramento de longo prazo, a BrazilFoundation oferece suporte a empresas e instituições interessadas em contribuir com a transformação social do Brasil. A entidade se destaca por viabilizar diferentes fundos de doações e parcerias estratégicas que possibilitam eficiência e transparência.

“Não é mais possível se falar em responsabilidade social, investimento social e, sobretudo, em políticas ESG sem considerar o racismo como estruturante das desigualdades e a questão da equidade racial como eixo estratégico em ações e medidas do setor privado, sociedade civil organizada e do Estado. Devemos fomentar o empreendedorismo negro de forma organizada, contínua, voltada à expansão dos negócios de negras e negros e com o apoio de nossas parcerias”, defende Isabel.

“A BrazilFoundation pensa de maneira sistemática sobre esse tema, e com a criação do Fundo Empreendedorismo Negro queremos reconhecer e valorizar o papel da população negra para o desenvolvimento sustentável da economia do país”, completa Rebecca Tavares, CEO da ONG.

VEJA TAMBÉM:  CPQD é escolhido como integrador do Sisfóton

Com 18 anos de experiência nos setores público, privado e de cooperação internacional, Isabel foi assessora de comunicação da ONU Mulheres, órgão das Nações Unidas para a igualdade de gênero e empoderamento das mulheres; e assessora de imprensa da Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres e da Secretaria Especial de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (SEPPIR) da Presidência da República.

Isabel possui mestrado e doutorado em Comunicação pela UnB. Foi docente nos cursos de Jornalismo, Publicidade e Serviço Social da Universidade Católica de Brasília. Como voluntária, colaborou em organizações de movimentos de mulheres negras no Rio Grande do Sul e no Distrito Federal.

 

Sobre a BrazilFoundation

A BrazilFoundation mobiliza recursos para ideias e ações que transformam o Brasil. Tem como princípio a promoção da filantropia estratégica ao selecionar e investir em organizações da sociedade civil de forma a gerar resultados de impacto sistêmico.

Neste ano, o foco da fundação está na promoção de doações multianuais em áreas prioritárias, no fortalecimento institucional das OSCs apoiadas, geração de informação sobre iniciativas de equidade e na contribuição para a formação de lideranças sociais transformadoras capazes de incentivar um diálogo nacional sobre acesso, equidade e participação. A BrazilFoundation é uma organização não-governamental que oferece incentivos fiscais aos doadores nos Estados Unidos com base na lei de imposto de renda americana (Seção 501 (c) (3). EIN 13-4131482.

Sobre a Rede

Criada em 2012, a Rede de Filantropia para a Justiça Social reúne fundos e fundações comunitárias, organizações doadoras (grantmakers) que mobilizam recursos de fontes diversificadas para apoiar grupos, coletivos, movimentos e organizações da sociedade civil que atuam nos campos da justiça social, direitos humanos, cidadania e desenvolvimento comunitário. A organização tem por propósito promover e diversificar uma cultura filantrópica no Brasil que garanta e amplie os recursos para a justiça social. Integram o quadro de sócios fundadores as seguintes organizações membros: Fundo Baobá, Fundo Elas+, Fundo Brasil, Fundo Casa Socioambiental, ICOM (Instituto Comunitário da Grande Florianópolis), Instituto Baixada, Fundo Positivo, Casa Fluminense, ISPN (Instituto Sociedade População e Natureza), Redes da Maré, iCS (Instituto Clima e Sociedade), FunBEA (Fundo Brasileiro de Educação Ambiental), Tabôa, Instituto Procomum, Fundo Agbara e BrazilFoundation.

VEJA TAMBÉM:  Quod abre mais de 30 vagas

Relacionados

Centro-Oeste
Centro-Oeste tem 4,7 milhões de inadimplentes; indivíduos mais afetados têm entre 41 e 50 anos

Centro–Oeste tem 4,7 milhões de inadimplentes; indivíduos mais afetados têm entre 41 e...

Viana
VIANA RECEBE CINEMA ITINERANTE

Além do ingresso, a pipoca e o refrigerante são gratuitos São Paulo, 04...