Johnson Controls

Johnson Controls fornece produtos e serviços essenciais durante a pandemia

Share:

Johnson Controls fornece produtos e serviços essenciais durante a pandemia do coronavírus

São Paulo, 24 de março de 2020: As equipes globais da Johnson Controls estão fornecendo serviços de segurança essenciais para as operações ininterruptas de hospitais, supermercados, processadores de alimentos, farmácias, data centers, governos estaduais e locais, delegacias de polícia, bombeiros, além de outras operações em que a população dependa de infraestrutura durante a pandemia da COVID-19.

O apoio começou durante a crise em desenvolvimento em Wuhan, na China, com a construção de hospitais e, à medida que o surto da doença evoluiu, a empresa implementou planos de contingência locais e regionais em todo o mundo, garantindo a segurança dos funcionários e o suporte ao cliente.

As equipes de serviço da Johnson Controls continuam a oferecer suporte para as infraestruturas, enquanto seus escritórios, filiais e fábricas permanecem abertos e operacionais, com práticas de saneamento aprimoradas e políticas restritas para visitantes, exceto onde a atividade está proibida por lei.

“Como empresa global, estamos lidando com essa crise desde o início e temos aproveitado nossa liderança e capacidade de resposta para apoiar nossos clientes em todos os cantos do mundo. Em momentos como esse é extremamente importante informar as pessoas de que estamos aqui e que continuaremos a ajudar hospitais, farmácias e outras empresas fundamentais, no que for necessário, para que suas operações continuem”, afirma George Oliver, presidente e CEO da Johnson Controls.

Entre as soluções de infraestrutura que a Johnson Controls fornece estão:

  • HVAC – Os produtos e serviços do segmento são essenciais para hospitais e salas de cirurgia, necessários para a execução de quase todos os principais setores de infraestrutura reconhecidos pelo Departamento de Segurança Interna. Edifícios adequadamente ventilados são indispensáveis para melhorar a qualidade do ar e impedir a propagação de doenças e infecções secundárias. É crucial assegurar esses sistemas e mantê-los em serviço, onde as pessoas continuam vivendo e trabalhando.

  • Refrigeração Industrial – Equipamentos obrigatórios em muitos setores, do processamento de alimentos e bebidas às indústrias petroquímicas, reconhecidas como segmentos importantes de infraestrutura.

  • Segurança – Sistemas de segurança são ainda mais necessários agora para garantir instalações com máxima proteção. Câmeras, controle de acesso e outros sistemas são vitais para proteger pessoas, infraestruturas e inventários.

  • Incêndio – Os sistemas e serviços de incêndio devem ser preservados para manter pessoas e propriedades seguras, desde produtos de detecção de incêndio até sistemas de aspersão e equipamentos portáteis para a extinção do fogo.

    Sobre a Johnson Controls

    Na Johnson Controls, transformamos os ambientes em que as pessoas vivem, trabalham, aprendem e se divertem. Desde a otimização do desempenho dos sistemas de construção até a melhoria da segurança e conforto, conduzimos os resultados mais importantes. Mantemos nossa promessa em setores como saúde, educação, data centers e manufatura. Com uma equipe global de 105.000 especialistas em mais de 150 países e mais de 130 anos de inovação, somos o poder por trás da missão de nossos clientes. Nosso portfólio líder em tecnologias e soluções de construção inclui algumas das marcas mais reconhecidas do setor, como Tyco®, York®, Metasys®, Ruskin®, Titus®, Frick®, Penn®, Sabroe®, Simplex®, Ansul® e Grinnell®. Para obter mais informações, visite nossa página https://www.johnsoncontrols.com/pt_br ou siga-nos no LinkedIn como Johnson Controls América Latina.

Relacionados

Cadastro Positivo
Novo Cadastro Positivo pode injetar R$ 9 bilhões na economia de Alagoas

Válido a partir de 9 de julho, novo Cadastro Positivo pode injetar R$...

Centro-Oeste
Centro-Oeste tem 4,7 milhões de inadimplentes; indivíduos mais afetados têm entre 41 e 50 anos

Centro–Oeste tem 4,7 milhões de inadimplentes; indivíduos mais afetados têm entre 41 e...