Johnson Controls

Johnson Controls: Soluções de automação predial despontam como principais demandas de edifícios sustentáveis e inteligentes

Share:

Johnson Controls: Soluções de automação predial despontam como principais demandas de edifícios sustentáveis e inteligentes

Sustentabilidade e autossuficiência são hoje ativos imprescindíveis para todos os segmentos de mercado, desde educação a saúde, passando pelo varejo, edifícios comerciais, instalações corporativas e prédios públicos. Não por acaso, a busca por soluções que reúnam essas características surgem como demandas prioritárias de edifícios que prezam pela consciência ambiental e por selos de certificação que atestem seu compromisso.

“Dentro da filosofia do Green Building, soluções de automação predial que gerenciam e corrigem eventuais problemas e garantem que os equipamentos operem continuamente em sua máxima eficiência despontam como uma das principais demandas para o movimento de construções sustentáveis”, afirma Felipe Faria, CEO do Green Building Council Brasil e Diretor do Conselho de Administração do World Green Building Council. “Sem excelência na gestão predial e suporte de tecnologias, dificilmente conseguimos o desempenho contínuo esperado, bem como operar edificações autossuficientes em energia que se tornaram realidade no Brasil”, completa Faria.

São justamente essas questões que guiam a atuação da Johnson Controls, líder em tecnologia diversificada, cujo compromisso com a sustentabilidade remonta às origens da empresa, em 1885, com a invenção do primeiro termostato elétrico para ambientes. Hoje, suas soluções ajudam os clientes a obter selos como o LEED (Leadership in Energy and Environmental Design), principal certificação de construções sustentáveis no mundo, presente em 167 países.

A Central de Operações Remota da Johnson Controls (ROC), que passa por um momento marcado por inovações e ampliações, atendendo toda a América Latina, conta com ferramentas para o gerenciamento de sistemas que, entre outros benefícios, tem a economia de recursos naturais como um dos focos. Com o objetivo de poupar recursos da contratante, o núcleo multiplataforma oferece agora soluções como o Smart Connected Chiller (SCC), que avalia se os resfriadores de água estão operando de forma contínua ou se há algum alarme ou falha que possa comprometer o funcionamento dos equipamentos.

Por meio de softwares analíticos na nuvem da Johnson Controls, é possível avaliar e prever defeitos dos Chillers York. A gestão de alarmes do ROC passa a atuar então em conjunto com equipe de manutenção local e com cliente final para evitar falhas catastróficas que podem gerar altos custos com ações corretivas, paradas não premeditadas dos equipamentos, grande insatisfação de usuários e/ou paradas de produção, causando ainda perda de receita inesperada. O serviço foca no aumento da disponibilidade e da vida útil dos equipamentos com um monitoramento 24 horas por dia durante o ano inteiro, permitindo que o cliente tenha acesso online ao comportamento dos seus chillers.

Também novidade, o CPO (Otimização de Centrais de Água Gelada) adapta dinamicamente a lógica de controle a intervalos de 15 minutos, reduzindo consideravelmente o consumo e, consequentemente, os custos com energia. “Com ele é possível levar em conta as variáveis que mais influenciam no gasto e no consumo de uma central de ar-condicionado, como, por exemplo, curva de performance e disponibilidade dos equipamentos, tarifas diferenciadas em determinados horários, temperatura e umidade externa e quantidade de ocupantes do empreendimento, com o objetivo de otimizar as despesas de forma inteligente e praticamente ontime”, afirma João Paulo Oliveira, Diretor de Serviços da Johnson Controls no país.

A ferramenta ajuda ainda na elaboração do forecast de gasto de energia, prevendo consumo baseado no histórico e na previsão das variáveis acima mencionadas. Ainda para este ano, a empresa pretende lançar novos serviços e aplicativos em roadmap que vão potencializar as ações de uso consciente de energia. O Companion, por exemplo, que é um simples aplicativo de celular, aumentará consideravelmente a experiência do cliente como usuário, permitindo dentre outras coisas o controle individual de ar-condicionado e da iluminação, reserva de salas de reunião e suas utilidades integrados ao Outlook, adaptando os recursos empregados ao número de pessoas presentes, auxiliando os gestores prediais quanto às taxas de ocupação de espaços, definindo a possibilidade de redução ou necessidade da ampliação.

Relacionados

Cadastro Positivo
Cadastro Positivo pode aumentar a arrecadação de impostos estaduais no RN

Em vigor a partir de 9 de julho, novo Cadastro Positivo pode aumentar...

Cinema Itinerante
SANTO ANDRÉ RECEBE CINEMA ITINERANTE GRATUITO

SANTO ANDRÉ RECEBE CINEMA ITINERANTE, UMA DIVERSÃO GRATUITA PARA TODAS AS IDADES Além...