Padtec

Padtec lança Smart Site, plataforma para gestão remota de sites de telecom

Share:

Padtec lança Smart Site, plataforma para gestão remota de sites de telecom

Com o novo serviço, operadoras e ISPs poderão monitorar e controlar a distância, e em tempo real, os elementos que compõem a infraestrutura de seus sites.

Campinas, 25 de outubro de 2022 – A Padtec, uma das líderes mundiais em sistemas de comunicações ópticas, está lançando no mercado um novo serviço: o Smart Site. Trata-se de uma plataforma em nuvem voltada para a gestão remota, e em tempo real, de ambientes de rede (sites) de operadoras e provedores de internet (ISPs) distribuídos pelas diversas regiões do Brasil – e, em breve, também no mundo. 

Com interface gráfica intuitiva, a plataforma Smart Site dispõe de recursos que centralizam a operação do prestador de serviços, permitindo o gerenciamento completo de seus sites, de onde estiver – os dados de telemetria são lidos por sensores e os comandos são enviados remotamente para atuadores instalados em cada site monitorado. Um diferencial importante do novo serviço da Padtec está na possibilidade de uso de sistemas (softwares) e equipamentos já instalados nos ambientes dos clientes, sem necessidade de novos investimentos. 

Por um valor mensal, a operadora ou provedor pode monitorar e controlar a distância os sistemas de segurança – com sensores de presença, câmeras e controle de acesso – e de energia, a temperatura e umidade (interna e externa) e, ainda, operar os sistemas de ar condicionado de seus sites. Tudo isso em um único ambiente web, que traz também, entre outras funcionalidades, o serviço de mapa com a localização de todos os sites monitorados.

Para Carlos Raimar, CEO da Padtec, a gestão de sites em tempo real, de forma simples e centralizada, é uma tendência que dá mais eficiência aos serviços prestados pelas operadoras de redes e ISPs. “Com esse serviço, a Padtec passa a oferecer a seus clientes uma ferramenta completa e eficaz para lidar com as complexidades inerentes à gestão dos ambientes de rede, minimizando os riscos de interrupção de operações críticas”, explica Raimar. “Uma gestão remota, por meio de recursos de automação e funcionalidades que descomplicam a rotina de monitoramento e controle de sites distribuídos, muitas vezes por regiões muito distantes, traz ganhos de eficiência e de produtividade”, completa.

VEJA TAMBÉM:  Novo Cadastro Positivo pode injetar R$ 20 bilhões na economia do MS

Relacionados

CPQD
Laboratório do CPQD está preparado para pilotos de Open WiFi

Compartilhe Siga no Google Notícias   Laboratório do CPQD está preparado para pilotos...

CPQD
CPQD apresenta suas soluções e competências no Futurecom 2019

CPQD apresenta suas soluções e competências no Futurecom 2019 Campinas, 01 de novembro...