SiDi: UFPE abre inscrições para as primeiras residências em Visão Computacional e Engenharia e Ciência de Dados

Share:

Compartilhe

Siga no Google Notícias

 

SiDi: UFPE abre inscrições para as primeiras residências em Visão Computacional e Engenharia e Ciência de Dados

Especializações nessas áreas foram desenvolvidas pela universidade em parceria com a Samsung e contam também com a participação do SiDi em Recife

 

Campinas, 1.º de julho de 2021 – O Centro de Informática (CIn) da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) e a Samsung criaram as primeiras especializações Lato Sensu em Visão Computacional e Engenharia e Ciência de Dados. Os cursos, desenvolvidos a partir de recursos da Lei da Informática, foram inspirados no modelo de residência médica, que requer dos participantes oito horas de dedicação por dia – quatro horas de aulas teóricas e quatro para aplicações práticas. Os alunos terão a oportunidade de utilizar o maior laboratório de Inteligência Artificial da América Latina (IARA Lab), inaugurado recentemente. A iniciativa conta também com a participação da unidade de Recife do SiDi, que chegou ao Porto Digital em 2020 e será responsável pela parte prática do curso de residência tecnológica.

As inscrições para os cursos estão abertas e vão até o dia 13 de julho – os editais podem ser acessados pelos links Visão Computacional e Engenharia e Ciência de Dados. Ao todo, estão sendo oferecidas 40 vagas; 20 para cada curso. Para participar, o candidato deve ter concluído graduação reconhecida pelo MEC em Ciências da Computação, Engenharia da Computação, Sistemas de Informação, Engenharia Elétrica, Engenharia Eletrônica ou áreas afins, em universidades de todo Brasil. O início das aulas será na primeira semana de setembro e, enquanto durarem as restrições relacionadas à pandemia de COVID-19, as aulas teóricas e práticas serão ministradas no formato remoto.

O objetivo das especializações é capacitar os alunos em novos métodos e tecnologias de desenvolvimento de software voltadas às duas áreas tratadas – Visão Computacional e Engenharia e Ciência de Dados -, oferecendo ainda a oportunidade de vivenciar um ambiente empresarial, em contato com problemas reais e times profissionais que atuam nessas áreas. Nos dois casos, o diferencial é a oferta de um programa com o título da UFPE, uma base teórica propiciada por um centro de excelência nas competências dos cursos e oportunidades de aplicação prática do conteúdo, por intermédio de trabalho em parceria com o SiDi, além de uma remuneração por aluno no valor de R$ 2.200,00 durante um ano.

“Os cursos de visão computacional e de ciência de dados abordarão conceitos básicos e avançados. Ambos estão alinhados às demandas atuais do mercado de tecnologia no Brasil e no mundo. Para formar profissionais de elevada qualidade, a dedicação dos alunos deve ser integral, oito horas por dia, nos turnos da manhã e da tarde. Pois não abrimos mão da excelência!”, explica George Darmiton, coordenador da especialização em Visão Computacional.

 

VEJA TAMBÉM:  Cyxtera: Combinando informações pessoais, fraude de identidade sintética é uma das que mais cresce no meio digital

Sobre o IARA Lab

Construído em parceria do SiDi com a Samsung, a partir de recursos da Lei da Informática, o novo supercomputador conta com tecnologia da NVIDIA Enterprise, empresa que inventou a GPU (unidade de processamento gráfico) e revolucionou a computação paralela. Sua capacidade é de 125 petaflops de desempenho, o que equivale a 2 milhões de notebooks trabalhando em conjunto.

Sobre o SiDi

Com mais de 16 anos de experiência e um portfólio que ultrapassa mil projetos, o SiDi é um dos maiores institutos de ciência e tecnologia do Brasil. São mais de 500 colaboradores desenvolvendo soluções sob medida para transformar os negócios das empresas e o dia-a-dia de milhões de pessoas.

 

 

Relacionados

Furukawa
Furukawa dá suporte à rede Wi-Fi em nova sede da Ford no Brasil

Compartilhe Infraestrutura Furukawa dá suporte à rede Wi-Fi em nova sede da Ford...

Reconhecimento Facial
Reconhecimento facial revoluciona controle de acesso e segurança predial

Reconhecimento facial revoluciona controle de acesso e segurança predial A demanda pela tecnologia...