Johnson Controls

Sustentabilidade é prioridade para as empresas, revela pesquisa da Johnson Controls

Share:

Compartilhe

Sustentabilidade é prioridade para mais de 70% das empresas no próximo ano, revela pesquisa global da Johnson Controls  

Crescimento e vantagem competitiva impulsionam compromisso do setor privado com a descarbonização, segundo estudo

 

São Paulo, 21 de dezembro de 2021 – A Johnson Controls (NYSE: JCI), líder mundial em edificações inteligentes ​​e sustentáveis, divulgou recentemente os resultados de um estudo global que avalia o progresso realizado por empresas com foco na sustentabilidade na busca de seus objetivos. Conduzido pela Forrester Consulting e desenvolvido em colaboração com a Johnson Controls em outubro deste ano, o levantamento entrevistou 2.348 líderes de estratégia de sustentabilidade sênior em 25 países e em 19 setores ​​sobre suas principais prioridades de negócios e estratégias de sustentabilidade nos próximos 12 meses. 

Os resultados mostram que a sustentabilidade é a principal prioridade de investimento empresarial global e que a grande maioria das empresas vê uma clara vantagem competitiva de seu foco de sustentabilidade e a meta de alcançar o carbono líquido zero. O estudo também descobriu que para acelerar os esforços de descarbonização, as empresas devem se alinhar com as demandas das partes interessadas, colaborar com os parceiros em roteiros de sustentabilidade transparentes e medir efetivamente o andamento das iniciativas de sustentabilidade.

“A pesquisa mostra claramente que os líderes empresariais veem a sustentabilidade como a prioridade número um dos negócios e que aumentar o investimento para melhorar a eficiência dos negócios, reduzir os impactos ambientais prejudiciais e enfrentar os desafios climáticos urgentes é o que mais importa”, disse Katie McGinty, vice-presidente e diretora de sustentabilidade e relações externas da Johnson Controls. 

As principais conclusões do estudo incluem:

Maturidade em sustentabilidade oferece vantagem competitiva

VEJA TAMBÉM:  Johnson Controls: Solução digital de monitoramento reduz consumo de energia

Mais organizações estão percebendo que o futuro dos negócios está inextricavelmente ligado à sustentabilidade, com sua importância cada vez maior. De acordo com a pesquisa, 72% dos entrevistados indicaram que implementar ou amadurecer seus programas de sustentabilidade é uma prioridade que ganhou ainda mais importância nos últimos dois anos. Os entrevistados descobriram que abraçar as oportunidades de sustentabilidade deu às suas organizações uma vantagem competitiva. Mais de 8 em cada 10 empresas que reconhecem a sustentabilidade como prioridade de negócios relatam benefícios na forma de melhoria na reputação da marca (89%), redução de custos (89%), melhoria na aquisição e / ou fidelização de clientes (86%) e crescimento da receita (83%). Além disso, 86% têm uma meta de longo prazo para reduzir as emissões de carbono até 2025 ou antes. Ao investir em esforços de descarbonização, as empresas esperam atrair clientes que compartilham valores ambientais semelhantes e, ao mesmo tempo, atendem às necessidades dos investidores.

O progresso incremental oferece resultados exponenciais

Cerca de 9 em cada 10  empresas engajadas de forma sustentável obtiveram benefícios na forma de maior eficiência (96%), melhor conformidade (95%), melhor recrutamento e / ou retenção de talentos (90%) e redução do desperdício (90%). As empresas estão investindo em melhorias de pessoas, processos e tecnologia porque entendem que é necessária uma abordagem multifacetada para alcançar o progresso e o sucesso da sustentabilidade.

Alcançar a descarbonização requer um plano estratégico e uma forte liderança 

Embora as organizações reconheçam os benefícios da implementação de práticas de sustentabilidade, muitas empresas não sabem por onde começar na preparação para transformações críticas de negócios. Os resultados da pesquisa indicaram que mais da metade dos entrevistados espera reduzir o consumo de energia em seus edifícios até 2024 ou antes, mas falta alinhamento em torno de quais métricas precisam ser monitoradas e como. Apenas 26% dos entrevistados tinham software de relatórios ESG para ajudar a medir seu progresso e quase 40% dos entrevistados acreditam que suas organizações têm uma escassez de conhecimento interno, impedindo-os de rastrear suas pegadas de carbono de forma eficaz. Embora a pesquisa mostre que as vantagens comerciais das melhorias ambientais podem parecer diferentes entre as empresas, há uma importância consistente atribuída a uma liderança forte e parceiros fortes para orientar decisões inteligentes.

VEJA TAMBÉM:  Johnson Controls: OpenBlue Summit Latin America 2021 Tomorrow starts today

“Para liderar a corrida para a descarbonização, as empresas devem alinhar as prioridades às demandas de muitas partes interessadas, trabalhar com parceiros para desenvolver roteiros de sustentabilidade transparentes,identificar métricas e adotar ferramentas para medir o progresso”, afirmou Mark Reinbold, vice-presidente de serviços de sustentabilidade global e soluções na Johnson Controls. “Mais clientes estão procurando maneiras de tornar este processo fácil e estão transferindo seus compromissos de sustentabilidade e o risco de atingir essas metas para a Johnson Controls. Isso os ajuda a otimizar o desempenho de seus edifícios com tecnologia que é capaz de fornecer economias de energia significativas e queda nas emissões de CO2, garantindo também que os resultados ajudarão o planeta.”

“2021 foi um ano crítico para as mudanças climáticas”, disse McGinty, diretor de sustentabilidade da Johnson Controls. “É crucial que os governos e o setor privado se unam para impulsionar reduções significativas de emissões até o final desta década para evitar os efeitos desastrosos das mudanças climáticas e aproveitar as oportunidades econômicas para todos. A recente Cúpula do Clima COP26 reuniu líderes mundiais, acadêmicos, executivos de negócios e outros. Durante o Summit, a Johnson Controls demonstrou claramente que, com a tecnologia inovadora já existente hoje, podemos nos colocar e aos outros solidamente no caminho para o zero líquido antes de 2050.”

Para acessar a pesquisa “Race to Decarbonization” (Corrida para a Descarbonização) na íntegra, visite:

https://www.johnsoncontrols.com/forresterstudy

 

Sobre a Johnson Controls

Na Johnson Controls (NYSE: JCI), transformamos os ambientes onde as pessoas vivem, trabalham, aprendem e se divertem. Como líder mundial em edificações inteligentes, saudáveis ​​e sustentáveis, nossa missão é reimaginar o desempenho de edificações para servir às pessoas, aos espaços e ao planeta. Com uma história de mais de 135 anos de inovação, na Johnson Controls traçamos o projeto do futuro em setores como saúde, educação, data centers, aeroportos, estádios, manufatura e outros, por meio de nossa abrangente oferta digital OpenBlue. Com uma equipe global de 100.000 especialistas em mais de 150 países, a Johnson Controls oferece o maior portfólio mundial de tecnologia e software de construção, bem como soluções de serviço com algumas das marcas mais reconhecidas do setor. Para obter mais informações, visite www.johnsoncontrols.com/pt_br ou siga-nos no LinkedIn e no Facebook Johnson Controls América Latina.

VEJA TAMBÉM:  UNICAP moderniza sua rede de comunicação com soluções Furukawa

 

 

 

 

 

Relacionados

Padtec
Aumento no consumo de dados estimula investimentos de clientes da Padtec

Aumento no consumo de banda para dados estimula investimentos de clientes da Padtec...

Cadastro Positivo
Novo Cadastro Positivo pode injetar R$ 4 bilhões na economia do Amapá

Válido a partir de 9 de julho, novo Cadastro Positivo pode injetar R$...