Comitê Nacional de Cibersegurança

CPQD: SemeAr conquista prêmio para redes privativas na categoria agro

Share:

Projeto SemeAr conquista prêmio para redes privativas na categoria agronegócio

CPQD recebeu o Prêmio ABDI ANATEL de Redes Privativas pela infraestrutura de conectividade rural implantada em São Miguel Arcanjo, no interior paulista

Campinas, 04 de setembro de 2023 – O Projeto SemeAr, conduzido pelo CPQD no município de São Miguel Arcanjo, no interior de São Paulo, acaba de conquistar um reconhecimento importante: o Prêmio ABDI ANATEL de Redes Privativas, na categoria Rede Privativa – Agro. O prêmio – entregue na sexta-feira, 01/9, em Brasília – foi criado pela Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI) em parceria com a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), com o objetivo de reconhecer as melhores iniciativas de uso do espectro destinado à implementação de redes privativas e dar a devida visibilidade a esse modelo de negócios no Brasil.

O Projeto SemeAr é uma iniciativa de inovação aberta destinada a acelerar a inovação digital de pequenos produtores rurais e agricultores familiares organizados em Distritos Agro-Tecnológicos (DATs), por meio da oferta de soluções para demandas reais dessas comunidades, integrando conectividade, aplicações de Agro 4.0 e capacitação. O DAT instalado em São Miguel Arcanjo, que completou um ano de operação em julho deste ano, conta com a adesão formal de 63 produtores rurais, a parceria de 14 empresas e instituições que integram o ecossistema do SemeAr no estado de São Paulo – entre elas, a Embrapa, o Parque Tecnológico de Sorocaba, o Sebrae e o SENAR/FAESP – e o apoio do Fundo para o Desenvolvimento Tecnológico das Telecomunicações (FUNTTEL) e da Finep.

A infraestrutura de conectividade rural implantada no DAT de São Miguel Arcanjo combina várias tecnologias de conectividade sem fio. “O objetivo do projeto é levar conectividade a áreas rurais e remotas não atendidas pelas operadoras, proporcionando modelo integrado que viabiliza acesso à internet, bem como a conteúdos, aplicações de agricultura digital e capacitação”, explica Fabricio Lira Figueiredo, gerente de desenvolvimento de negócios em Agronegócio Inteligente do CPQD. 

VEJA TAMBÉM:  CPQD lança seu programa de canais e parcerias

Implantada e operada pelo provedor local SMANet, um dos parceiros no projeto, essa infraestrutura consiste em uma arquitetura híbrida de rede privativa baseada na integração de tecnologias 4G/5G, Wi-Fi, LoRa e satélite. A rede privativa 4G LTE na faixa de 250 MHz, para comunicação com tratores e máquinas agrícolas, foi fornecida pela Trópico e utiliza a solução C2n, do CPQD, como controlador de rede convergente 4G/5G. Além disso, a solução de conectividade rural inclui satélite banda larga SGDC da Telebras, rede LoRa para os sensores instalados no campo e rádio ponto a ponto, para prover acesso à rede Wi-Fi e conexão com o provedor de serviço.

“A arquitetura de referência construída no provedor DAT utiliza plataformas digitais baseadas em modelos abertos e padronizados, dentro dos conceitos open source e Open RAN, disponibilizadas pelo CPQD e outros parceiros”, ressalta Figueiredo. “Essa abordagem possibilitou a redução dos custos de implantação e operação do provedor DAT da ordem de 30%, o que contribui para a viabilidade do negócio e permite que pequenos provedores de internet (ISPs) possam ofertar serviços de redes privativas 4G/5G em áreas rurais e remotas do país”, acrescenta.

A conectividade trouxe impacto imediato para os negócios dos produtores rurais que formalizaram sua adesão ao SemeAr no DAT de São Miguel Arcanjo. Uma pesquisa realizada entre eles indicou que já há percepção de ganhos de receita e de redução de custos, em função do acesso à capacitação e a informações do mercado em geral – preços, técnicas de manejo e notícias agrícolas. A comunicação com compradores, vendedores, agrônomos e até com familiares também trouxe benefícios importantes para o negócio. Em função das soluções e serviços viabilizados no DAT – por intermédio das startups parceiras Muda Meu Mundo e Maneje Bem -, 57% dos produtores perceberam melhoria na qualidade dos seus produtos em um período de operação de apenas 6 meses, com reflexo no aumento das vendas.

VEJA TAMBÉM:  CPQD integra componentes à rede privada 5G instalada em seu laboratório

Sobre o CPQD

Com foco na inovação em tecnologias da informação e comunicação, o CPQD mantém um portfólio abrangente de soluções que são utilizadas nos mais diversos segmentos de mercado, no Brasil e no exterior, e aceleram a geração de valor no processo de transformação digital contribuindo para a excelência operacional das organizações, a transformação da experiência dos usuários, a reinvenção de modelos de negócios, a segurança e conformidade e a criação de novos produtos. Referência tecnológica no país, o CPQD integra o ecossistema de inovação aberta que vem alavancando o empreendedorismo, por meio de sua notória competência em Internet das Coisas, Inteligência Artificial, Conectividade, Blockchain e Mobilidade Elétrica. O CPQD é uma organização privada, com 46 anos, que entrega serviços e desenvolve tecnologias de produtos e de sistemas de missão crítica aderentes às necessidades complexas do mercado. Esses são resultados do seu programa de P,D&I, que é a base para inovação em seus temas estratégicos no futuro das cidades inteligentes, do agronegócio inteligente e da manufatura avançada. O CPQD atua em toda a jornada de inovação – da ideia à implementação – e é apaixonado pela tecnologia que gera o desenvolvimento, o progresso e promove o bem-estar da sociedade.

 

Relacionados

Lumu
Lumu – Aprendizados de líderes que enfrentaram ataques de cibersegurança

Com presença de brasileiros, relatório da Lumu revela aprendizados de líderes que enfrentaram...

Rodocine
TAUBATÉ RECEBE CINEMA ITINERANTE

Compartilhe TAUBATÉ RECEBE CINEMA ITINERANTE, UMA PROPOSTA DE DIVERSÃO GRATUITA PARA TODAS AS IDADES Além...