abcd

Em meio à crise mundial, tecnologia se torna aliada de diversos segmentos

Share:

Claudia Amira, Diretora Executiva da ABCD – Associação Brasileira de Crédito Digital*

 

Do comércio ao crédito: em meio à crise mundial, tecnologia se torna importante aliada nos mais diversos segmentos

Isolamento social transformou o mundo nos últimos dias

O mundo mudou desde que a pandemia do coronavírus criou uma nova realidade global, ancorada na diminuição da circulação de pessoas e no isolamento social. As medidas, ao mesmo tempo em que impactam diretamente a economia global, evidenciaram ainda mais a importância da tecnologia para os mais variados segmentos.

Compra e venda online de itens que vão de alimentos a perfumaria não param de crescer. Dados recentes apontam que nos primeiros 15 dias de março o comércio pela internet teve um salto de 40% no Brasil. A comunicação por meio de plataformas que permitem reunir pessoas por áudio e vídeo também cresceu, mantendo uma série de negócios em pleno funcionamento e valorizando aplicativos do gênero no mercado mundial. Isso sem falar da oferta de entretenimento, como jogos, filmes e podcast via streaming, já um sucesso antes de a crise se estabelecer e agora o passatempo perfeito dada a situação.

Em meio às medidas apresentadas pelo governo e pelas autoridades financeiras para mitigar os efeitos da Covid-19 na economia, o mercado de crédito vê a demanda por recursos crescer. E as fintechs despontam como uma alternativa interessante, uma vez que já nasceram em um ambiente digital e têm expertise para a realização de transações mais rápidas, com menos burocracia e, sobretudo, sem a necessidade de contato presencial.

Pesquisa realizada em 2019 pela Associação Brasileira de Crédito Digital (ABCD), em parceria com a PwC Brasil, já demonstrava a vantagem competitiva das startups financeiras. O levantamento revelou que 48% das fintechs pesquisadas conseguiam concluir as análises de risco de um cliente em até uma hora, sendo que 15% faziam isso em no máximo 15 segundos.

Quando analisada a aprovação para liberação do crédito, que envolve procedimentos como conferência e assinatura de documentos, o estudo apontou que a ação era feita em até 24 horas por 64% dos entrevistados. Em 13% dos casos, esse processo não demorava mais do que uma hora. Outro dado relevante é que 91% das fintechs analisadas usavam a internet, aplicativos ou e-mail para contato com o cliente, deixando o processo mais simples e ágil. A pesquisa analisou 43 fintechs de crédito, 21 delas associadas à ABCD.

Assim, para além de todas as facilidades que o mundo online tem nos proporcionado já há algum tempo, neste momento sem precedentes na história, a tecnologia se torna uma  aliada essencial para manter a rotina e a sobrevivência dentro da normalidade possível.

Relacionados

abcd
Prova de Conceito: mais um passo do Brasil rumo ao Open Banking

Claudia Amira, Diretora Executiva da ABCD – Associação Brasileira de Crédito Digital*  ...

Pagamento
Verificação da capacidade de pagamento pode evitar superendividamento

Vital para o mercado de crédito, verificação da capacidade de pagamento pode evitar...

×

Olá!

Clique em nosso atendimento abaixo para bater um papo no WhatsApp ou envie um e-mail para [email protected]

× Como posso te ajudar?