SC CapRock

World Teleport Association anuncia certificação de nível 3 da SC CapRock

Share:

Compartilhe

Siga no Google Notícias

 

Programa de certificação da World Teleport Association anuncia certificação de nível 3 da SC CapRock para o teleporto de Macaé, no Brasil

 

3 de julho de 2023 – A World Teleport Association (WTA) anunciou que a SC CapRock, operação brasileira do grupo Speedcast, líder na prestação de serviços de comunicação e TI, obteve a certificação de nível 3 para seu teleporto de Macaé, no interior do Rio de Janeiro, no Brasil, no âmbito do programa de certificação de teleportos da WTA.

A certificação da unidade de Macaé é a 52ª da WTA desde que o programa foi lançado na Convenção Internacional de Transmissão (International Broadcasting Convention, IBC), em 2015. No momento, outros nove teleportos estão envolvidos no processo de avaliação de qualidade da WTA. O programa apresenta padrões transparentes e verificados de forma independente, para que os teleportos sejam diferenciados e para que os clientes escolham o nível de preço/desempenho adequado para suas finalidades.

O teleporto da SC CapRock em Macaé é parte integrante da infraestrutura global da empresa. Estrategicamente localizado em uma área sem obstruções de antenas e estações terrestres, a unidade dispõe da linha de visão mais clara possível, viabilizando um sinal ideal. A infraestrutura de rede local inclui pontos de acesso a quatro provedores de fibra diferentes, bem como um caminho físico totalmente redundante para os Estados Unidos. A instalação inclui 11 estações terrestres com suporte para os principais requisitos energéticos dos clientes em operações globais de exploração e produção, incluindo perfuradores de petróleo e gás, operadores, empresas de fornecimento e serviços offshore.

As certificações da WTA são emitidas provisoriamente após a conclusão de um questionário com mais 170 itens, o qual é avaliado com base nos padrões desenvolvidos pelo Comitê de Certificação da WTA. A partir de então, o teleporto tem seis meses para obter a certificação completa. Para obter a certificação completa no âmbito do programa da WTA, um auditor é enviado para o teleporto, faz uma validação independente dos dados constantes no questionário e identifica fatores adicionais que possam afetar a pontuação. A certificação completa é emitida em um nível de 1 a 4. O nível 4 representa o mais alto grau de excelência e permanece em vigor por três anos.

VEJA TAMBÉM:  CABREÚVA RECEBE CINEMA ITINERANTE GRATUITO

Além da SC CapRock, foram emitidas certificações para teleportos operados pela IABG Teleport, A1 Telekom Austria Group, Gomedia Satcom, Globecast, Azercosmos, Servicio Satelital, USEI, AXESS Networks, STN, Eutelsat, du, COMSAT, e&, Optus, Horizon Teleports, RADIOCOM, Talia, Telespazio, Vivacom, Cyta, PlanetCast, Singtel, IABG Teleport, Hellas Sat, Hispasat, Stellar DBS, Orange, Hawaii Pacific Teleport, Intelsat, SMS, Telstra, Primacom, Santander Teleport e Arqiva.

“Estamos muito felizes por receber a certificação de nível 3 para o teleporto da SC CapRock em Macaé”, disse Will Mudge, vice-presidente de operações de engenharia da Speedcast. “Esta instalação estratégica dá apoio às operações críticas dos principais clientes na área de energia, garantindo uma conexão contínua e sempre ativa para as equipes que estão fora do domínio de quaisquer outras alternativas de comunicação para seus locais remotos no mar. Temos orgulho de continuar a obter certificações para nossas instalações em parceria com a WTA, que é uma organização que mantém os mais altos padrões de excelência em teleportos”.

“As empresas de satélites e teleportos não são famosas pela adoção de padrões em todo o setor”, disse o diretor executivo da WTA, Robert Bell. “A WTA contribuiu com seus próprios padrões de infraestrutura, tecnologia e operação de teleportos em 2015, graças ao trabalho de voluntários dedicados e experientes. Estamos felizes em ver um crescimento contínuo na adoção da certificação de teleportos com base nesses padrões, principalmente em um momento em que eles estão se tornando cruciais para o futuro do setor”.

A SC CapRock fará demonstrações tecnológicas no teleporto de Macaé em julho. Solicitações formais de participação podem ser enviadas mediante preenchimento do formulário de interesse on-line

VEJA TAMBÉM:  SC CapRock fecha acordo global com a Starlink

Para obter mais informações sobre o programa de certificação de teleportos, acesse http://www.worldteleport.org/?page=Certification ou envie um e-mail para o diretor de associação da WTA, Randall Barney, pelo endereço [email protected]. Clique aqui para obter a lista de teleportos certificados.

 

Sobre SC CapRock

A SC CapRock é uma provedora líder de serviços de comunicações e TI, fornecendo serviços críticos de comunicações para os setores marítimo, energético, de mineração, mídia, telecomunicações, cruzeiros, ONGs, governo e empresas. A companhia aproveita sua plataforma de rede global para fornecer sistemas totalmente conectados que, por meio de tecnologias e aplicativos, entregam tudo que as operações remotas podem alcançar. Com a rede mais abrangente do mundo, a SC Caprock permite uma cobertura de ponta a ponta mais rápida e contínua a partir de uma rede global de transporte híbrido por satélite, fibra, celular, micro-ondas, MPLS e IP com acesso direto a plataformas de nuvem pública. A empresa integra ofertas de tecnologia diferenciadas que fornecem maneiras mais inteligentes de comunicar e distribuir conteúdo, gerenciar redes e operações remotas, proteger e assegurar investimentos e melhorar a experiência da tripulação e dos hóspedes. Com foco no cliente e uma forte cultura de segurança, a SC Caprock atende a mais de 3.200 clientes em mais de 140 países. Saiba mais em www.speedcast.com.

SC CapRock ® é uma marca comercial e uma marca registrada. Todos os outros nomes de marcas, nomes de produtos ou marcas registradas pertencem a seus respectivos proprietários.

© 2022 SC CapRock. Todos os direitos reservados.

 

Sobre a World Teleport Association

Desde 1985, a World Teleport Association (www.worldteleport.org) concentra-se em melhorar os negócios de comunicações via satélite desde o início. Sua associação é essencialmente formada pelas operadoras de teleportos mais inovadoras do mundo, sejam independentes, multinacionais, operadoras de nicho ou operadoras globais. A WTA dedica-se a defender os interesses das operadoras de teleportos no mercado global de telecomunicações e a promover a excelência nas práticas comerciais, tecnologias e operações de teleportos.

VEJA TAMBÉM:  Appgate: Brasil é um dos principais alvos de fraude eletrônica

Relacionados

SiDi
SiDi oferece mais de 100 vagas para profissionais de tecnologia

Compartilhe Siga no Google Notícias   SiDi oferece mais de 100 vagas para...

Sensormatic
Sensormatic e ADT fecham parceria com a startup Omnibox

Sensormatic e ADT fecham parceria com a startup Omnibox para segurança e monitoramento...