CPQD

CPQD inaugura seu Núcleo de Evolução Tecnológica 

Share:

CPQD inaugura seu Núcleo de Evolução Tecnológica 

Espaço reúne laboratórios e ambientes integrados voltados à pesquisa, desenvolvimento e inovação em conectividade e energias renováveis

 

Campinas, 02 de outubro de 2023 – O CPQD está inaugurando, em suas instalações em Campinas, um novo espaço voltado à pesquisa, desenvolvimento e inovação nas áreas de conectividade e energias renováveis: o Núcleo de Evolução Tecnológica. Com uma estrutura moderna, segura e equipada com recursos de ponta, o espaço reúne vários laboratórios e ambientes integrados que têm como foco o desenvolvimento de projetos inovadores nessas áreas – e, também, a realização de alguns serviços como ensaios e certificação de produtos relacionados a elas.

O objetivo é atender à demanda crescente por projetos envolvendo comunicações ópticas e sem fio – o que inclui Internet das Coisas, sensoriamento, Open RAN e tecnologias para as futuras redes de telecomunicações e redes industriais – e soluções de energia, especialmente energias renováveis. “Com o Núcleo de Evolução Tecnológica, estamos ampliando nossa capacidade produtiva, gerando inovações alinhadas às necessidades dos nossos clientes. Ao mesmo tempo, contribuímos para a criação de empregos e a capacitação de profissionais para atuar em projetos de alta tecnologia em conectividade, por exemplo para atender às demandas das redes do futuro, e em soluções de energia voltadas às novas necessidades de um mercado cada vez mais comprometido com a sustentabilidade”, afirma Sebastião Sahão Junior, presidente do CPQD. 

Na área de conectividade, um dos destaques do Núcleo de Evolução Tecnológica é a implantação de uma rede privativa 5G Open RAN que cobre todo o Pólis de Tecnologia – onde o CPQD está instalado. Integrada ao C2n, solução de core de rede convergente 4G/5G desenvolvida pelo CPQD, essa infraestrutura será usada como base em diversos projetos desenvolvidos pela organização, como o da Plataforma 5G BR, que conta com o apoio do Fundo para o Desenvolvimento Tecnológico das Telecomunicações (FUNTTEL), e o Programa OpenRAN@Brasil, conduzido em parceria com a RNP (Rede Nacional de Ensino e Pesquisa).

VEJA TAMBÉM:  CPQD - Tech com elas: importância da mulher no universo da tecnologia

Gustavo Correa Lima, gerente de Soluções de Conectividade do CPQD, explica que a nova rede privativa também dará suporte ao projeto 5G e EDGE Computing para Transformação Digital na Indústria 4.0, desenvolvido no modelo Basic Funding da Embrapii em parceria com outros centros de pesquisas, e ainda à atuação do CPQD como novo Centro de Competência Embrapii em Open RAN. “Essa infraestrutura funcionará como um laboratório vivo para o desenvolvimento de aplicações 5G e IoT. E será um dos espaços para a realização de testes de interoperabilidade e customização de soluções Open RAN para o mercado brasileiro”, enfatiza o executivo. Entre as aplicações em desenvolvimento que utilizam conectividade baseada em redes privativas, ele destaca a operação remota de drones para captura de imagens em plataformas de petróleo, por exemplo, e a coleta e envio de dados de telemetria de um carro para uma plataforma de Inteligência Artificial das Coisas (AIoT) – como a Pailot, do CPQD.  

Na área de soluções de energia, a principal novidade é o Laboratório de Estudos e Desenvolvimento de Tecnologias de Energias Renováveis, que está iniciando os primeiros projetos envolvendo hidrogênio verde. “O CPQD já vem desenvolvendo, há vários anos, tecnologias de armazenamento de energia para sistemas de geração distribuída e plataformas de mobilidade elétrica. Com as novas instalações laboratoriais, estamos prontos para novos desafios tecnológicos visando atender às diversas necessidades do ecossistema de energia sustentável, o que inclui sistemas de armazenamento e também de suporte a operação, além de aplicativos para usuário final”, afirma Aristides Ferreira, gerente de Soluções em Energia do CPQD.

Entre os projetos desenvolvidos pela organização nessa área, destacam-se uma família de eletropostos – em parceria com um fabricante do equipamento – e uma plataforma de mobilidade elétrica, destinada a gerenciar a infraestrutura de eletropostos para recarga de baterias de veículos elétricos. A plataforma inclui um aplicativo móvel que facilita a busca por eletropostos mais próximos, permitindo o agendamento de horário para a recarga da bateria, e ainda sistema de bilhetagem para a cobrança pelo uso da energia.

VEJA TAMBÉM:  CPQD apresenta soluções no Web Summit Rio 2023

Outro projeto importante que vem sendo conduzido no CPQD, com o apoio do FUNTTEL e da Finep, tem como objetivo levar conectividade a escolas públicas em áreas que não dispõem de energia elétrica. Para isso, a ideia é instalar uma infraestrutura de energia – usando painéis fotovoltaicos e baterias para armazenar a energia gerada – que irá alimentar os equipamentos de telecomunicações, como modems satelitais, roteadores e Wi-Fi, a serem instalados nas escolas. Como essa infraestrutura estará em locais remotos, em geral de difícil acesso, o projeto prevê o desenvolvimento de tecnologias de monitoramento e gerência a distância, utilizando recursos de Inteligência Artificial.

Frederico Nava, diretor de Tecnologia e Novos Produtos do CPQD, ressalta que a integração de laboratórios de conectividade e de energias renováveis, no novo Núcleo de Evolução Tecnológica, irá facilitar o desenvolvimento de projetos como esse – que teve origem em um piloto bem-sucedido implantado em uma comunidade indígena de São Gabriel da Cachoeira, no Amazonas. “Temos recebido muitas demandas de soluções de conectividade para áreas remotas, que ainda não dispõem de energia elétrica. Com essa integração, estamos unindo a infraestrutura de energia e a conectividade”, afirma. 

Além de atender às demandas de projetos do CPQD, o Núcleo de Evolução Tecnológica também irá dar suporte a startups apoiadas pelo Ventures CPQD – venture builder de base tecnológica lançado neste ano pela organização. A iniciativa prevê que as startups selecionadas dentro das quatro Teses de Inovação do Ventures – Agronegócio sustentável, Saúde acessível a todos, Indústria do futuro e Energia mais limpa – poderão utilizar a infraestrutura laboratorial do CPQD para o desenvolvimento de seus projetos. 

“Dessa forma, também estaremos contribuindo para acelerar o processo de amadurecimento das startups apoiadas pelo Ventures. E como o Parque Tecnológico do CPQD faz parte do ecossistema de inovação do estado de São Paulo, a infraestrutura do novo Núcleo de Evolução Tecnológica será um recurso valioso de apoio a projetos de P&D&I também de nossos parceiros e clientes”, conclui o presidente Sebastião Sahão Junior.

VEJA TAMBÉM:  MacKenzie Scott doa US$ 5 milhões para a BrazilFoundation

Sobre o CPQD

Com foco na inovação em tecnologias da informação e comunicação, o CPQD mantém um portfólio abrangente de soluções que são utilizadas nos mais diversos segmentos de mercado, no Brasil e no exterior, e aceleram a geração de valor no processo de transformação digital contribuindo para a excelência operacional das organizações, a transformação da experiência dos usuários, a reinvenção de modelos de negócios, a segurança e conformidade e a criação de novos produtos. Referência tecnológica no país, o CPQD integra o ecossistema de inovação aberta que vem alavancando o empreendedorismo, por meio de sua notória competência em Internet das Coisas, Inteligência Artificial, Conectividade, Blockchain e Mobilidade Elétrica. O CPQD é uma organização privada, com 46 anos, que entrega serviços e desenvolve tecnologias de produtos e de sistemas de missão crítica aderentes às necessidades complexas do mercado. Esses são resultados do seu programa de P,D&I, que é a base para inovação em seus temas estratégicos no futuro das cidades inteligentes, do agronegócio inteligente e da manufatura avançada. O CPQD atua em toda a jornada de inovação – da ideia à implementação – e é apaixonado pela tecnologia que gera o desenvolvimento, o progresso e promove o bem-estar da sociedade.

 

Relacionados

VPN
Appgate: Os 3 principais riscos do uso da VPN

Appgate: Os 3 principais riscos do uso da VPN Redes do tipo devem...

Furukawa
Phoenix Fiber investe em solução da Furukawa para construção de rede neutra

Compartilhe Siga no Google Notícias   Phoenix Fiber investe em solução FTTH Furukawa...