operadora vivo

CPQD integra componentes à rede privada 5G instalada em seu laboratório

Share:

Compartilhe

Siga no Google Notícias

 

CPQD integra componentes de fornecedores diferentes à rede privada 5G instalada em seu laboratório

Campinas, 17 de outubro de 2022 – O CPQD está anunciando resultados positivos obtidos a partir da integração de componentes de fornecedores distintos à rede privada 5G instalada em seu laboratório, em Campinas (SP) – que tem como base o conceito de redes abertas e desagregadas. Um resultado importante está na bem-sucedida integração da plataforma open source Aether da Open Networking Foundation (ONF), de conectividade de borda 5G, com a gNodeB (estação radiobase 5G) da fabricante norte-americana Baicells.

“Estamos utilizando a plataforma Aether como orquestrador da nossa rede privada 5G e alcançamos excelentes resultados na integração e automação da rede, com uma gNodeB de um fornecedor do mercado”, enfatiza Gustavo Correa Lima, gerente de Soluções de Comunicação sem Fio do CPQD. “Ao mesmo tempo, continuamos trabalhando com produtos e soluções 5G de fornecedores distintos, como parte de dois projetos importantes que estamos desenvolvendo com foco em redes abertas e desagregadas”, acrescenta.

Um desses projetos é o da Plataforma 5G BR, conduzido pelo CPQD com recursos do Fundo para o Desenvolvimento Tecnológico das Telecomunicações (FUNTTEL), do Ministério das Comunicações. O objetivo é desenvolver tecnologias que compõem uma rede 5G de arquitetura aberta, o que inclui componentes do core (núcleo), da rede de acesso (OpenRAN), de gerência e monitoramento de serviços, gerenciamento da infraestrutura virtualizada, de orquestração, entre outros. 

Outra iniciativa relevante é o Programa OpenRAN Brasil, que tem como parceiros o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI), a Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP) e o CPQD. Lançado em agosto de 2021, esse programa tem como objetivo habilitar o desenvolvimento de aplicações inovadoras para redes de acesso abertas e desagregadas em rádio (RAN). Na primeira fase, o foco do desenvolvimento é o controle e orquestração tanto dos recursos ópticos, IP e de rádio quanto dos recursos de nuvem necessários ao funcionamento fim-a-fim de uma rede 5G. O projeto também prevê a implantação de um testbed de rede privada 5G, com pontos de presença em Campinas (no CPQD) e no Rio de Janeiro (PoP-RNP-RJ), sendo que a orquestração tem um papel importante na gestão da rede integrada.

VEJA TAMBÉM:  Kryptus: Veja dicas para fazer compras online seguras

A plataforma Aether é uma solução open source destinada a simplificar a implantação e operação de redes privadas 5G nas mais diversas aplicações. Seu desenvolvimento conta com o suporte da ONF, consórcio sem fins lucrativos conduzido por operadoras e liderado pela comunidade, que atua na construção colaborativa das próximas gerações de redes móveis e banda larga, utilizando desagregação de rede, softwares de código aberto e tecnologias de nuvem e virtualização. 

“Estamos empolgados com os resultados obtidos pelo CPQD com a integração bem-sucedida da plataforma Aether e a gNodeB da Baicells, em seu laboratório de testes”, afirma Timon Sloane, gerente geral da ONF. “Essa conquista é um passo importante que confirma que a  plataforma da ONF para redes 5G privativas tem flexibilidade e está pronta para a construção de redes de próxima geração”, acrescenta.

Os resultados da integração da plataforma Aether com uma solução de RAN 5G de código aberto e plataforma RIC (RAN Intelligent Controller) da Open Air Interface Software Alliance (OSA) serão apresentados pelo CPQD em um workshop internacional da OSA, programado para o dia 8 de novembro, na sede da Qualcomm em San Diego, nos Estados Unidos.

 

Sobre o CPQD

Com foco na inovação em tecnologias da informação e comunicação, o CPQD mantém um portfólio abrangente de soluções que são utilizadas nos mais diversos segmentos de mercado, no Brasil e no exterior, e aceleram a geração de valor no processo de transformação digital contribuindo para a excelência operacional das organizações, a transformação da experiência dos usuários, a reinvenção de modelos de negócios, a segurança e conformidade e a criação de novos produtos. Referência tecnológica no país, o CPQD integra o ecossistema de inovação aberta que vem alavancando o empreendedorismo, por meio de sua notória competência em Internet das Coisas, Inteligência Artificial, Conectividade, Blockchain e Mobilidade Elétrica. O CPQD é uma organização privada, com 45 anos, que entrega serviços e desenvolve tecnologias de produtos e de sistemas de missão crítica aderentes às necessidades complexas do mercado. Esses são resultados do seu programa de P,D&I, que é a base para inovação em seus temas estratégicos no futuro das cidades inteligentes, do agronegócio inteligente e da manufatura avançada. O CPQD atua em toda a jornada de inovação – da ideia à implementação – e é apaixonado pela tecnologia que gera o desenvolvimento, o progresso e promove o bem-estar da sociedade.

VEJA TAMBÉM:  CPQD lança a versão Defendu da plataforma aberta dojot

 

Relacionados

Padtec
Padtec estende home office integral até 2021

Padtec estende home office integral até 2021 A decisão, que tem o objetivo...

Padtec, Quod, ABCD
ABCD amplia parcerias estratégicas no 1º tri

ABCD – Associação Brasileira de Crédito Digital amplia parcerias estratégicas no 1º tri...