Comitê Nacional de Cibersegurança

CPQD lança iniciativa voltada ao desenvolvimento de startups

Share:

CPQD lança iniciativa voltada à inovação aberta e ao desenvolvimento de startups

Com o Ventures CPQD, que está sendo lançado no Web Summit Rio, o objetivo da organização é participar ativamente da construção e evolução de startups e novos negócios

Campinas, 27 de abril de 2023 – O CPQD está anunciando uma nova linha de atuação destinada a intensificar e reforçar sua participação no ecossistema de inovação aberta e de empreendedorismo do país: o Ventures CPQD. O lançamento acontece no Web Summit Rio 2023, grande evento internacional na área de tecnologia e inovação que será realizado entre os dias 1.º e 4 de maio, no Rio de Janeiro – pela primeira vez fora da Europa.

O Ventures CPQD é um venture building de base tecnológica, que tem como objetivo desenvolver novos negócios e startups, por meio da participação ativa em sua construção e evolução até alcançarem os retornos esperados. “A ideia é construir o negócio junto com a startup, acelerando o processo de amadurecimento e de alavancagem para que o empreendimento chegue à maturidade o mais rápido possível, com menor risco e maior retorno para os parceiros”, explica Fabricio Lira Figueiredo, gerente de Desenvolvimento de Negócios do CPQD.

Ele lembra que o empreendedorismo faz parte da história do CPQD e que, desde 2016, a organização vem ampliando sua atuação junto a startups, hubs de inovação e investidores em diversos ecossistemas. São mais de 50 projetos já realizados com startups para o desenvolvimento de produtos e soluções em várias áreas, com o apoio de investidores e de diferentes instituições e fundos de fomento – especialmente a EMBRAPII (Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial), da qual o CPQD é uma unidade credenciada. 

Duas dessas startups, ambas com atuação no segmento de agronegócio sustentável, foram selecionadas como primeiras parceiras do Ventures CPQD: Sintropica Capital Natural e Green Bonds Brasil. O projeto com a Sintropica – o 100.º contrato firmado pelo CPQD como Unidade EMBRAPII – envolve o desenvolvimento de modelos de Inteligência Artificial e o uso de recursos como análise espacial multiespectral para a automação de processos de mapeamento e monitoramento do solo, visando a conservação e restauração de vegetações nativas. Com a Green Bonds Brasil, o objetivo é criar uma cadeia de custódia e tokenização de ativos ambientais, utilizando tecnologia blockchain e identidade digital descentralizada.

VEJA TAMBÉM:  Segurança em cidades inteligentes é o foco do CPqD em um dos maiores eventos do setor

Áreas de inovação

A seleção de startups e oportunidades de investimento pelo Ventures CPQD segue parâmetros e critérios que norteiam as ações e a aplicação de recursos e estão estruturados em Teses de Inovação, inicialmente focadas em quatro áreas:

  • Agro Sustentável – tem o propósito de promover a sustentabilidade socioambiental e o acesso à inovação digital com geração de valor para todos os produtores rurais
  • Saúde Acessível a Todos – tem como objetivo promover a digitalização do acesso a serviços de saúde, com qualidade, segurança e agilidade, reduzindo as desigualdades nessa área
  • Indústria do Futuro – o propósito é alavancar a digitalização da indústria com processos mais conectados, inteligentes e seguros
  • Deep Tech Fotônica – nesse caso, o objetivo é alavancar deep techs (startups que trabalham com inovação complexa e tecnologias de ponta) da área de fotônica, com foco em sistemas de monitoramento para operações de missão crítica, especialmente nas áreas de energia, óleo e gás

Fabricio Lira Figueiredo explica que o CPQD irá aportar recursos não financeiros – como competências e ativos tecnológicos, infraestrutura, laboratórios, propriedade intelectual etc –  nos projetos desenvolvidos com as startups parceiras no Ventures. Além disso, usará sua capacidade de captação de recursos financeiros, tanto não reembolsáveis – como é o caso da EMBRAPII – como também junto a investidores privados, grandes empresas (Open Corps) e outros parceiros que integram os hubs de inovação dos quais faz parte.

“Outro diferencial do Ventures CPQD está no acompanhamento e na alavancagem da startup, por meio de mentorias tecnológicas e em modelos de negócios, de apoio para a evolução de portfólio e estratégias de crescimento, entre outras questões importantes para  seu amadurecimento”, enfatiza o executivo. Ele revela que, até o final de 2023, a intenção é ter quatro startups apoiadas pelo Ventures CPQD.

VEJA TAMBÉM:  CPQD e MilSênior desenvolvem solução em saúde baseada no Open Health    

Relacionados

CPqD firma parceria com IWF para treinamento na plataforma dojot

Campinas, 14 de maio de 2019 – A capacitação de profissionais interessados em...

ANBC
ANBC – Em apenas dois anos, CP reduz taxas cobradas no crédito pessoal

ANBC – Em apenas dois anos, Cadastro Positivo reduz, em média, 10,4% nas...