Comitê Nacional de Cibersegurança

Rede privativa do CPQD leva conectividade a produtores rurais do interior

Share:

Rede privativa 4G LTE implantada pelo CPQD leva conectividade a produtores rurais do interior paulista 

Baseada na solução C2n, desenvolvida pelo CPQD, rede privativa vem trazendo benefícios aos produtores que participam do Projeto SemeAr em São Miguel Arcanjo

Campinas, 03 de abril de 2023 A implantação de uma rede privativa 4G LTE para prover conectividade ao Distrito Agro Tecnológico (DAT) do Projeto SemeAr em São Miguel Arcanjo, no interior de São Paulo, vem trazendo diversos benefícios para um grupo de mais de 40 pequenos produtores rurais que participam dessa iniciativa. Em operação desde julho do ano passado, o DAT de São Miguel Arcanjo tem as atividades coordenadas pelo CPQD, um dos parceiros do Projeto SemeAr – que tem como foco a transformação digital do agronegócio, por meio de soluções voltadas a demandas reais dos pequenos e médios produtores rurais.

Para isso, a conectividade é um requisito fundamental. Como responsável pelo DAT de São Miguel Arcanjo, o CPQD definiu um plano de conectividade para essa área – uma espécie de “super fazenda digital” – que envolve a integração de várias tecnologias de comunicação sem fio. Entre elas, uma rede privativa 4G LTE operando na frequência de 250 MHz, que foi implantada utilizando equipamentos da Trópico e a solução C2n, core de rede convergente 4G/5G desenvolvido pelo CPQD.

“O C2n é uma solução destinada a reduzir o custo total de propriedade (TCO) de projetos de redes privativas 4G e 5G, de modo a suprir a necessidade de conectividade de vários segmentos de mercado, entre eles o agronegócio”, afirma Tatiana Mesquita, responsável pelo marketing do C2n no CPQD. “É uma solução flexível, robusta e com custo compatível com a realidade do país”, acrescenta.

VEJA TAMBÉM:  Novo Cadastro Positivo pode injetar R$ 6 bilhões na economia de Tocantins

Em São Miguel Arcanjo, a rede privativa foi implantada em parceria com um provedor local de internet, adotando uma arquitetura híbrida que integra as tecnologias 4G LTE e Wi-Fi. Com a conectividade, um grupo de 43 produtores rurais de pequeno porte passou a ter acesso a serviços e soluções digitais oferecidos por empresas e startups. Uma das soluções em uso é uma plataforma de marketplace digital que conecta os produtores diretamente com o varejo, eliminando atravessadores e garantindo melhores condições à comercialização de seus produtos – o que se reflete em aumento do faturamento.

Outro benefício trazido pela conectividade proporcionada pela rede privativa 4G está no uso de sensoriamento associado a maquinário de alto valor agregado – como tratores, por exemplo. “O sensoriamento de tratores possibilita o compartilhamento desses equipamentos, até então inacessíveis ao pequeno e médio produtor rural”, observa Tatiana. “Além disso, a partir da coleta online de dados de localização dos tratores, é possível planejar melhor o trajeto a ser percorrido por essas máquinas, o que melhora a logística e ainda permite reduzir o consumo de combustível”, completa.

O Projeto SemeAr conta com recursos do Fundo para o Desenvolvimento Tecnológico das Telecomunicações (FUNTTEL), gerenciados pela Finep. A iniciativa vem sendo conduzida pelo CPQD em parceria com a EMBRAPA, Instituto Agronômico de Campinas (IAC), Instituto de Economia Agrícola (IEA), entre outras instituições.

 

Sobre o CPQD

Com foco na inovação em tecnologias da informação e comunicação, o CPQD mantém um portfólio abrangente de soluções que são utilizadas nos mais diversos segmentos de mercado, no Brasil e no exterior, e aceleram a geração de valor no processo de transformação digital contribuindo para a excelência operacional das organizações, a transformação da experiência dos usuários, a reinvenção de modelos de negócios, a segurança e conformidade e a criação de novos produtos. Referência tecnológica no país, o CPQD integra o ecossistema de inovação aberta que vem alavancando o empreendedorismo, por meio de sua notória competência em Internet das Coisas, Inteligência Artificial, Conectividade, Blockchain e Mobilidade Elétrica. O CPQD é uma organização privada, com 46 anos, que entrega serviços e desenvolve tecnologias de produtos e de sistemas de missão crítica aderentes às necessidades complexas do mercado. Esses são resultados do seu programa de P,D&I, que é a base para inovação em seus temas estratégicos no futuro das cidades inteligentes, do agronegócio inteligente e da manufatura avançada. O CPQD atua em toda a jornada de inovação – da ideia à implementação – e é apaixonado pela tecnologia que gera o desenvolvimento, o progresso e promove o bem-estar da sociedade.

VEJA TAMBÉM:  Rilap e CPQD lançam equipamento para análise digital durante uma cirurgia

 

Relacionados

Projetos no setor elétrico são um dos destaque do SiDi na FIEE Smart Future

Projetos no setor elétrico são um dos destaques da participação do SiDi na...

energia solar
Greener promove estudo para traçar perfil do setor fotovoltaico brasileiro

Greener promove novo estudo para traçar perfil do setor fotovoltaico brasileiro Pesquisa GD...